• Agência Yuzú

Mercado de games no Brasil é um mundo de oportunidades

País é líder no segmento na América Latina






O objetivo principal de se jogar videogame é o divertimento, porém, há alguns anos, isso se tornou uma profissão capaz de deixar os jogadores milionários. Com 3,4 milhões de usuários, o segmento ainda é pouco utilizado pelas marcas. Só no ano de 2018, o faturamento do setor no país atingiu 1,5 bilhão de dólares, mantendo a posição de liderança na América Latina e 13º na classificação global.


Em uma sociedade altamente conectada, graças ao processo acelerado de transformação digital, os videogames deixaram de ser uma exclusividade de um nicho muito específico da população. Em tempos de isolamento social devido a pandemia, segundo uma pesquisa da Nielsen, os americanos passam 45% mais tempo jogando vídeo game e, por isso, o Game Marketing pode ser uma excelente estratégia para divulgação e popularização da sua marca.


A indústria do game tem o faturamento maior que do cinema. Só no Brasil, o mercado de games tem previsão de crescimento de 5,3% até 2022, diz estudo.

Segundo Chris Anderson, no capítulo que aborda Os Novos Modelos de Mídia, em seu livro Free: "a indústria dos jogos não somente cresceu para competir com Hollywood em termos de venda e com a televisão em termos de tempo de consumo, como também está se transformando em uma velocidade muito maior. Até pouco tempo atrás, o único modelo disponível era comprar videogames em lojas. Eles vinham em caixas, você os levava para casa, inseria o disco (cartucho), jogava durante uma semana e depois raramente voltava a jogar. Praticamente todas as vendas de um jogo eram feitas nas primeiras seis semana após o lançamento. Era como Hollywood, mas sem o lucrativo mercado posterior, de DVD's e licenciamento para transmissão - um negócio impulsionado por sucessos sem segundas chances para os fracassos. Hoje esse modelo de compra de jogos está entrando em extinção, e uma vez que passa da expedição de átomos (discos e caixas de plástico) à transmissão de bits, esse mercado passará de um negócio tradicional de bens embalados a um negócio on-line.

Para os jogadores, a vantagem dos jogos online está na qualidade e na diversidade da disputa: você está jogando com pessoas reais e não contra uma inteligência artificial previsível. Para os desenvolvedores, as vantagens de migrar para o ambiente online são muitas. Em vez de queimar discos, imprimir manuais e caixas e negociar com um varejista para manter os jogos em estoque, eles podem disponibilizar o software para ser baixado pelos jogadores. Isso poupa muito dinheiro em produção e distribuição. O ambiente online abre um "espaço de prateleira" ilimitado, de modo que jogos mais antigos e de nicho não são expulsos por títulos mais recentes e populares e todos são igualmente acessíveis online, porém, a razão mais importante pela qual os jogos estão migrando para o ambiente online é que isso proporciona uma maneira melhor de ganhar dinheiro. Os desenvolvedores podem passar de um modelo de receita de "ponto de venda" para uma base de relacionamento contínuo com o jogador."


A publicidade em jogos mobile tem se transformado em uma grande sensação. Em muitos aspectos, os jogos são perfeitos para as marcas, prometendo aos anunciantes um dos públicos mais comprometidos e lucrativos, além de oferecer um ambiente que proporciona anúncios diferenciados e inovadores. O Game Marketing é uma estratégia focada na divulgação de uma empresa, produto ou serviço por meio de jogos. Assim como é feito em filmes e séries de TV, a promoção por meio dos populares videogames pode ser extremamente vantajosa para as marcas.


O mercado está cada vez mais disputado e o consumidor já não recebe tão bem os anúncios e campanhas tradicionais e comuns dentro do marketing. Dessa forma, é preciso saber explorar o que o mercado tem a oferecer e inovar nas suas estratégias, sempre com o objetivo de criar ações que gerem melhores retornos para a sua empresa.


O mercado de games também ajuda a movimentar a economia com a promoção de campeonatos com premiações que podem se aproximar da exorbitante cifra de R$ 1 milhão. Apenas com jogos de celulares, segundo a PwC, o faturamento subirá de 324 milhões de dólares, em 2017, para 878 milhões de dólares em 2022. O faturamento estimado do mercado nacional de jogos digitais chegará a 1,756 bilhão de dólares.


O Game XP 2019, promoveu campeonatos de Counter-Strike, League of Legends, DoTA 2 e outros jogos. Só o campeonato de Rainbow Six teve prêmio de R$ 200 mil e o de Counter-Strike distribuiu R$ 800 mil. Na feira Brasil Game Show, considerada maior conferência do gênero na América Latina, que aconteceu em outubro/19, também ocorreram campeonatos de Counter-Strike. No evento, o valor total da premiação de todos os colocados somou R$ 100 mil.



TwitchTv, já ouviu falar?


Twitch é uma plataforma online para pessoas fazerem transmissões ao vivo e interagirem com o seu público ao mesmo tempo. A marca que nasceu em 2011, e foi comprada pela Amazon em 2014 está dominando o mercado de streaming voltado para games.



Mas você deve estar se perguntando qual a sua diferença com as famosas lives do Instagram, Facebook ou até mesmo o próprio Youtube? Em termos técnicos, nenhuma! A grande diferença é que o Twitch ganhou uma grande popularidade no mundo dos games, pois a plataforma nasceu focada para ajudar os gamers transmitirem sua partida e ganhar dinheiro. Essa plataforma dá um mundo de possibilidades, muitas pessoas estão se profissionalizando como streamer e mais empresas estão investindo nela. Se você é dono de uma empresa ou então trabalha no marketing, uma grande forma de gerar mais negócios ou leads é patrocinar os Streamers.





Bora plantar conhecimento? #YuzuNews#AgenciaYuzu

20 visualizações

© 2019 Agência Yuzú. MT2 INOVACAO E MARKETING LTDA

Quando a vida te der limões...